"No Egito as bibliotecas eram chamadas Tesouro dos remédios da alma. De fato é nelas que se cura a ignorância, a mais perigosa das enfermidades e a origem de todas as outras.”

(Jacques Bossuet).

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

O povo está nas ruas

corrupção.não

Antes tarde do que nunca!!!

Dia 12, as pessoas, aproveitando o feriado nacional, fizeram protestos contra a corrupção que assola o nosso país, pelo que vi na TV.

Conforme comentava-se, na matéria a que assisti, em tais protestos não havia vinculação com partidos, sindicatos ou outro tipo de associações. Era somente o povo reunido manifestando sua revolta e insatisfação com o que tem acontecido por aqui.

É, as pessoas estão finalmente acordando, desenvolvendo a consciência. Cientistas comportamentais não estão encontrando explicação para o que vem acontecendo no mundo, já que essas manifestações públicas estão sendo globais.

Recentemente na Índia houve a greve de fome de um militante anticorrupção, Anna Hazare, de 74 anos.

No Oriente Médio tivemos a chamada Primavera Árabe que parece ter começado após a morte de Mohamed Bouazizi (1984 – 2011) que tocou fogo em si mesmo por não poder continuar com seu trabalho de vendedor ambulante nas ruas de Tunis. Após houve também imolações no Egito, Argélia e Mauritânia, seguidas de manifestações populares.

Por lá ditadores caíram e outros estão por cair. A última notícia “tragicômica” é: mulheres sauditas vão poder votar e se eleger para cargos municipais. Tragicômica porque naquele país continua a vigorar a proibição às mulheres de dirigir e vocês sabem como é a vida delas por lá. Aff! De qualquer forma, já foi um avanço.

No Chile estudantes foram às ruas exigindo educação pública de qualidade e gratuidade de estudos para os que não podem pagá-los.

Na Grécia o povo vai às ruas também para protestar contra o fato de os trabalhadores pagarem as dívidas dos “graúdos”.

Recentemente, nos Estados Unidos, começaram as passeatas e manifestações nas ruas contra Wall Street, símbolo do capitalismo americano desenfreado e selvagem.

Enfim, em toda parte as pessoas estão dando um basta ao modo como são tratadas por seus governos, sejam eles ditatoriais ou democráticos.

Democracia. Na escola aprendemos que a palavra quer dizer governo do povo pelo povo. E onde é que existe isso? Lugar nenhum. O que vemos nos países ditos democráticos é um grupo de indivíduos que foram eleitos para representar o povo, mas que na prática legislam ou governam em proveito próprio.

Bom, mas de quem é a responsabilidade por tal estado de coisas? De cada um e de todos (adultos em plena posse de suas faculdades mentais).

Lá atrás, há muito tempo, as pessoas abdicaram de suas responsabilidades por si mesmo e pela condução das atividades grupais (povoado, cidade, etc.). Acharam mais fácil/confortável eleger uma pessoa ou grupo para dirigir as atividades do grupo total. Talvez porque já estivessem condicionadas a ser comandadas (épocas precedentes de reis divinos). Seja qual tenha sido o motivo da decisão, sempre houve a possibilidade de escolha, mesmo que difícil.

Transferiram o seu poder para um governante ou uma assembléia. E assim vivemos até hoje.

Com o passar do tempo o ser humano médio, comum foi ficando cada vez mais preguiçoso e irresponsável, delegando cada vez mais poder aos seus governantes e/ou representantes eleitos.

Claro que a História mostra “n” casos de inconformismo, revoltas e revoluções, mas se analisarmos as revoltas e revoluções contra o sistema dominante vão perceber que após o período de contestações e mudanças (de comandos e/ou políticas) sobrevém uma estagnação e as pessoas, mesmo não gostando ou aprovando o novo sistema/governo acabam aceitando-o. Isso aconteceu lá na antiga Roma como também na União Soviética após a subida de Stalin ao poder.

Diz um velho ditado: “cada povo tem o governo que merece”. Nada mais certo e apropriado!

Enquanto o ser humano tiver preguiça de pensar, não querer aceitar a responsabilidade por sua vida e não desenvolver a consciência continuará sendo mero marionete comandado por aquele/s que elegeu ou permitiu que tomasse o poder.

Quando transferimos nosso poder pessoal a um “governo” ficamos do jeitinho que ele gosta: sem liberdade, sem voz ativa e manipuláveis.

Os pleiadianos dizem: “A tirania suprema numa sociedade não é controlada pela lei marcial. É controlada pela manipulação psicológica da consciência, através da qual a realidade é definida de tal forma que as pessoas que nela vivem nem mesmo percebem que são prisioneiras.” (Mensageiros do Amanhecer – Barbara Marciniak)

Acordem! Este é um momento único na história da humanidade. Nada resolve ficar reclamando nos papos de bar com os amigos ou nos corredores com os colegas de trabalho, é hora de ir às ruas engrossar as fileiras daqueles que já acordaram e deixaram a preguiça de lado. A união faz a força, mesmo que tarde um pouco o resultado almejado.

Usem a internet, os blogs, as redes sociais. É a hora do GAME OVER.

Eu estou fazendo a minha parte …  e você?

Este blog foi criado para você, leitor. E só saberei se você está satisfeito se comentar os posts, ou então, pergunte, questione e sugira temas ou modificações.

10 comentários:

Letitia Morgan disse...

E eu estarei amanhã no Marquês de Pombal a engrossar esse movimento, a fazer parte dum protesto que julgo justo.

Parabéns por divulgar. Abs.

Nestor - Segurança do Trabalho nwn disse...

O povo está acordando e com isso os governantes estão perdendo o sono. Estamos com o saco cheio de ver tanta corrupção. O dinheiro público jorrando pelo ralo! É hora de fazer barulho e reivindicar os direitos que nos foram negados, e hora do povo cheio, o despertar da consciência chegou!!!

♥ Lucy Sem Fronteiras ♥ disse...

Olá minha querida!!! Saudades de vir comentar aqui tb :)

menina, adoreiiii, você expressou nestas palavras, muito do que penso e sinto também.!

E na verdade, a hora é AGORA né Atena!

Como sempre digo, meditações, orações, visualizações, etc claroooooo que tem a sua super importância, é essencial também. Porém, estamos em um tempo e momento planetário, que pede ações.
Não dá para criar nada sem Pensamentos, Sentimentos e Ações.
\Esta é a forma que temos e com que fomos ''agraciados'' para nos manifestarmos neste plano físico, logo temos de usá-lo com bom senso, responsabilidade e acima de tudo, consciência.

Este é um momento ímpar na história da Humanidade! E todas estas manifestações mundo afora, ao contrário do que pensam muitos ''papa caos'' e também de aficcionados em ''teorias da conspiração'', é algo muito produtivo!

Afinal é o momento do despertar coletivo, da expansão de consciência.

E sem pretensão alguma, mas nós sabemos muito bem o que vem a ser tudo isso.
Ao contrário de técnicos, cientistas, estudiosos e bla bla bla, não conseguirão mesmo explicar com teses e/ou palavras.

Portanto, vamos aproveitar da oportunidade que temos de estar aqui na net tb, usando nossos blogs, redes sociais, para dar nossa contribuição (ainda que seja humilde), por este mundo melhor que tanto desejamos.
Vejo a cada dia novos leitores chegando ao Amor e Paz Sem Fronteiras, vindos dos mais variados lugares e países, recebo emails, msg e observo muita gente começando o seu processo de despertar interno. E é aqui que vejo não só a importância do que escrevemos, como tb a responsabilidade que temos de ter né minha querida!

Não tenho a pretensão em convencer ninguém a nada e nem a pensamento algum, mas se estou na net para compartilhar, tenho de ter responsabilidade sobre o que falo tb.

Agora nossa, antes que isso vire um testamento e que eu fale um montão, rsrs termino aqui te deixando um beijo no coração, diretasssso do meu, querida Atena!

E vamos lá, continuar juntas, e felizes, por termos a oportunidade ímpar de participarmos deste momento na história da humanidade terrena;)

Felipe disse...

Deus queira que os verdadeiros "caras pintadas" tenham ressurgido nesta nova geração que começa ir para a rua.
Que eles tenham o mesmo ideal de anos atrás.
Abraços
Felipe

Atena disse...

Letitia:
Parabéns a você por seu engajamento e consciência.
abraços

Atena disse...

Nestor:
Que bom que concorda. É isso aí. Tá na hora, antes tarde do que nunca. rsrs
abraços

Atena disse...

Lucy:
Ta ótimo seu comentário, não se importe com a extensão do mesmo.
Ontem li que as manifestações tem dois lados, um deles seria fazer o que os “negativos” querem para poderem decretar lei marcial. tsk tsk Cada uma que esse povo inventa.
Sim, temos responsabilidade embora não estejamos aqui para convencer ninguém. Procuro cuidar muito isso.
A cada dia fico contente com o despertar que está acontecendo, isso aquece meu coração. Vamos continuar o nosso trabalho, sim.
Foi muito bom receber sua visita.
Beijocas mil

Atena disse...

Felipe:
Pois é, né? Os caras pintadas estão fazendo falta. Vamos torcer para que agora seja o seu ressurgimento. Talvez os protestos globais estejam contagiando... rsrs
Obrigada pela visita e volte sempre.
abraços

Sissym disse...

Atena,

Ainda bem que o povo resolveu reclamar por seus direitos e não é só aqui no Brasil.

O mundo está borbulhando e as pessoas estão cobertas de razão.

Espero que tudo comece e melhorar para todos, do jeito que está é inviável uma vida mais digna e para muitos, produtivas.

Bjs

Atena disse...

Sissym:
Pois não é, fadinha? Finalmente estão acordando.
Estou muito contente com isso, como diriam os antigos: alvíssaras! rsrs
beijos